Pacific Hydro Chile

O Chile é uma das economias mais fortes e com crescimento mais rápido da América Latina.

Impulsionado por um setor de mineração com alta demanda por energia, o mercado chileno é rico em oportunidades para empresas de energia renovável.

O Produto Interno Bruto (PIB) do Chile possui expectativa de crescimento a uma taxa de 5% ao ano até que o país alcance a condição de desenvolvido, com um PIB per capita de US$ 20.000 em 2018. Essa taxa de crescimento vai gerar um aumento na demanda de energia de diferentes setores, como mineração, infraestrutura, manufatura, transporte e construção civil.

Para crescer a essa taxa e alcançar suas metas, o Chile precisa expandir sua capacidade de geração de energia em aproximadamente 15.000 MW até 2020. Entretanto, a capacidade atual instalada no país, incluindo novos projetos de energia em construção, só pode assegurar o fornecimento de energia até 2015.

Operando no Chile desde 2002, a Pacific Hydro cumpre uma função importante, ajudando a atender a crescente demanda do país por eletricidade, sem aumentar as emissões, e contribuindo com o seu crescimento econômico e com o desenvolvimento sustentável das comunidades locais.

Atualmente, a Pacific Hydro é uma das principais empresas de energia renovável do Chile, desenvolvendo, fornecendo e operando usinas hidrelétricas de passagem nos Vales de Cachapoal e Tinguiririca, na sexta região do país.

Além das usinas hidrelétricas, a Pacific Hydro possui interesse nas capacidades eólicas. Nosso plano é expandir com base no nosso sólido histórico de desenvolvimento, construção e operação de parques eólicos na Austrália e no Brasil.

Em dezembro de 2012, recebemos a aprovação ambiental para construir nosso primeiro parque eólico no Chile, o parque Punta Sierra. Sua construção está prevista para começar no final de 2013.